A Natureza de Alberto Carneiro em Serralves

Artes Visuais

452316

imagem do Público

 

Nas paredes do Museu de Arte Contemporânea de Serralves não existem apenas desenhos e dos tectos não pendem apenas esculturas. É a Natureza que se mistura com a poesia, a espiritualidade que se embrenha na matéria que é “água” ou até “amor”, como se lê nos espelhos pequenos. Um percurso com frases escritas ao longo da exposição, apresentado em retrospectiva a partir da obra de um artista pioneiro na land art em Portugal que vem, também ele, misturando-se com todas as coisas à sua volta. A importância dessas coisas simples faz parte de um manifesto de Alberto Carneiro, homem/artista sempre próximo das filosofias orientais.

A TKNT vai levar a esta exposição três olhares para perspectivas diferentes relacionadas com a obra de Alberto Carneiro: Um agricultor – Alberto Carneiro refere-se ao trabalho dos agricultores como algo que se faz  com sentido estético -, um crítico de arte contemporânea e um especialista em metafísica chinesa. Uma peça vídeo com depoimentos universais e ao mesmo tempo específicos sobre o universo em questão, confrontando depois o artista com esses depoimentos e visões.
alberto carneiro

Alberto Carneiro