Um Planeta é uma Tangerina com Livros e o Dicionário é do Menino Andersen

Livros

 

Pegamos num Dicionário novo… o do Menino Andersen… e escrevemos dois pequenos textos. Um primeiro com as definições grande inventor e o segundo… como se fosse a interpretação e tradução das nossas mesmas palavras com os significados que delas habitualmente pensamos serem os mais adequados.

Texto com significados a partir do Dicionário do menino Andersen
No livro, como na vida…. temos a lei gravidade numa caixa e um sítio das brincadeiras paradas à espera. Metemos as mãos onde devem estar quando cansadas, nesses sítios para descansar ou sentamo-nos em outros sítios…  para voltar a ter forças e desarrumar a casa depois. Isto é válido para as crianças, mas para os adultos pode valer outra coisa como… problemas conjugais ou questões morais de outros adultos. À disposição a máquina que impede que te levantes e diminuir a luz é inventar a escuridão. Aliás, esse é mesmo o significado que o Menino Anderson inventou para a palavra diminuir. O Menino Andersen… melhor… O Dicionário do Menino Andersen é o livro do Planeta Tangerina, ilustrado e inventado por Madalena Matoso e Gonçalo M. Tavares. Um mundo das palavras que conhecemos, mas com significados bem diferentes… sem que fujam à importância e função que têm. Os prédios estão determinados em manter as escadas avariadas e no Verão queremos apanhar sol com roupas que não crescem. Não há é estação do ano que cale ou informe esse animal que já existem relógios-despertadores. Regam-se os carros como os jardins para que eles cresçam em frente até onde queremos ir  e voltamos aos sítios… por exemplo, aos  de indicações para pássaros. Pássaros, por sua vez, são animais que não queriam viver no mesmo andar dos crocodilos. Para melhor vermos os mochos ou espreitar a noite, com ou sem monstros amigos, temos de recorrer ao sol mecânico. E assim é o mundo do Menino Andersen… ou melhor… o Dicionário do Menino Andersen.

capa andersin

fotografia (5)

Texto original, segundo os significados que aprendemos: 
No livro, como na vida… temos o acrobata e o armário. Metemos as mãos nos bolsos ou sentamo-nos em cadeiras para recuperar forças. À disposição o comando de televisão e diminuir… diminuir as coisas aumentando outras ao mesmo tempo. O Dicionário do Menino Andersen é o livro do Planeta Tangerina, ilustrado e inventado por Madalena Matoso e Gonçalo M. Tavares.  Um mundo das palavras que conhecemos, mas com significados bem diferentes… sem que fujam à importância e função que têm. Os prédios estão determinados em manter os elevadores e no Verão queremos apanhar sol com fatos de banho. Não há é estação do ano que cale ou informe o galo que já existem despertadores. Abastece-se o carro com gasolina para chegarmos onde queremos e voltamos aos sítios – ou às definições que muitas das vezes são sítios -… por exemplo, às janelas. Sim. O que são pássaros afinal? São então os vizinhos de cima dos crocodilos. Usemos as lanternas para melhor vermos os mochos sem os assustar, claro, que estão acordados na noite com ou sem monstros amigos. É assim o nosso mundo, traduzindo os significados e o Dicionário do Menino Andersen.

<Tradução e Pesquisa :)> Nuno F. Santos

fotografia (6)