Agenda da Natureza, Planeta Tangerina e «Um Ano Inteiro»

Livros

 

Quando alguém te pede para fazer um registo dos dias, quando alguém te ensina a construir um baloiço, quando alguém te desafia que desenhes nuvens e te mostra a melhor maneira de protegeres um ninho, isso é uma agenda da Natureza… e é como um ser vivo que se prolonga a partir de ti. «Um Ano Inteiro» para sair da toca em que hibernamos de Inverno, mas também de Verão, nos sofás, nas televisões, nas desculpas do frio e da chuva. Então e os animais e a via láctea? As plantas e os meses? Os dias e a mudança das estações? Os passeios nocturnos, a fauna, a flora para lá dos prédios, o reconhecimento das folhas de cada árvore? Cada página de informação e registo é precisa, porque a Natureza e as descobertas não se remetem a momentos, mas sim a 365 dias que a Terra demora a dar a volta ao sol, este ano 366? É porque existe um sentido nesse tempo que se demora. E a existir esse sentido, por que não aproveitá-lo?

capa

Esta agenda é uma descoberta e é um precioso livro de capa dura com concepção gráfica de Bernardo P. Carvalho e Yara Kono, textos de Isabel Minhós Martins. Há nele uma meticulosa revisão científica dividida em sectores, as semanas em cores e é então como se os nossos braços tivessem uma nova extensão, uma nova forma de regressar às coisas simples para eternizar outras coisas… simples. É esta a magia do Planeta Tangerina e de um livro que segue a linha do premiado «Lá Fora». Complementa-se… como tudo o que é editado no Planeta… porque é a natureza do trabalho deste grupo de pessoas.

liv

É verdade, dá medo de preencher os espaços em branco, essas páginas vazias… mas maior medo deve ser o de termos um ano a passar por nós e nós a rodar com ele e não registarmos a vida nesse pedaço com pedaços próprios.

<Texto>Nuno F. Santos com a TKNT a ficar com este livro para vos mostrar o resultado no fim de um ano inteiro