Histórias Para Não Ser Careca e Não Ter Pesadelos?

Literatura

 

m_um_pesadelo_no_meu_armario

Para muitos meninos os pesadelos estão sempre no armário.
Para muitos homens de barba rija o pesadelo é não ter cabelo.

Eu próprio que barba tenho já pus na cabeça gotas de limão e dei leves pancadas na careca para acordar com mais pelinhos no cocuruto. Já o Nicomedes experimentou peruca e relva, serpentinas e lã, tudo para disfarçar o cabelo que lhe caiu. O problema é que a cada solução acontecia sempre sempre mais um problema. Nicomedes continuava careca, mas na capa do livro da dupla Pinto & Chinto há um Nicomedes com uma farta cabeleira… mistério? Mistério era o que tirava o sono ao menino de «Um Pesadelo no Meu Armário», de Mercer Mayer, num original de 1968, agora numa segunda edição da Kalandraka. Da colecção «livros para sonhar» – tal como «Nicomedes O Careca» – há um menino que sonha acordado com a imaginação de que algo terrível se esconde naquele sítio do quarto onde se guarda a roupa. Mas… uma noite… decide acabar com o pesadelo, tal como Nicomedes decide terminar com a calvície.
Duas histórias, dois livros diferentes de uma mesma editora, duas forças de vontade em mudar qualquer coisa.

nico

O Nicomedes conseguiu meter algo na cabeça, o que o envaideceu muito. O menino não terminou de vez com o pesadelo… aconchegou-o! Estranho? Não. Estranho é não ter medos. Valham-nos os «livros para sonhar».

<Texto>Nuno F. Santos

P.S. Nem só de novidades editoriais às vezes se combinam histórias. Há sempre pesadelos a combater