Cordel de Babel…

Literatura

Mais Angola, Alemanha e França… ah claro, Cuba! Filhos, pais, visitas na Casa da Música e o tecto de uma sala transformada estúdio do Cordel de Babel, o tecto com a história de um defeito… um pormenor. Sob o tecto dois planos para cada conto tradicional. E agora percebo que gosto do Barba Ruiva de França, das canções da Domingas, e muito muito da história da carochinha de Cuba com colorau à mistura. Imaginem que tem finais alternativos…
Depois, depois é corrigir cor, ajustar filtros, aproveitar o sol e tapar o sol, aproveitar sol e tapar sol aproveitar lenga lengas e os mails, as traduções e conhecer pessoas, todas a sério. Aqui acrescentam-se imagens da última sessão do Porto antes… da primeira emissão. Seguimos para outras cidades e regressaremos com países que têm nomes de ilhas, com a Holanda e Portugal. Tudo para ser legendado em checo ou espanhol mesmo. Tudo o que é contado em português, entenda-se.