Uma Imagem Vale Mil Palavras, Mil Caracteres Uma Imagem – #5

 

manu

Acordou e estava nas nuvens. Nelas flutuava e corria, em bicos de pés, como se, pé com pé, delicadamente, deixasse doces pegadas em algodão branco a reinar num manto do céu. Ele dava-lhe a mão, com um sorriso de lés-a-lés, tolo no rosto, e cintilante olhar de criança em idade adulta. Foi quando ela lhe perguntou: “Lembras-te de prenderes o teu olhar no meu e o meu ficar assim encadeado no teu? De transparente de emoções me veres, como a água do rio? De fotografares o meu coração? Foi quando percebi que te amava assim”. Ele sorriu e retorquiu: “Lembras-te de como é estarmos nas nuvens sempre que colamos pele com pele, incendiamos desejos e o coração de ardente amor?”. Ela abraçou-o. Roubou-lhe mil e um segredos molhados de beijos sussurrados nos ouvidos e no corpo como se não houvesse mais amanhã. E disse, baixinho: “Fazes-me falta. Nas saudades, o teu apaixonado olhar imagino a despir e incendiar-me o corpo de desejo e o meu coração a pular. De nas nuvens me fazeres sentir… de assim te amar.

(Mil Caracteres de Susana Pinheiro a partir de uma imagem de Manuel Roberto)